A cidade de Aracaju, capital de Sergipe, tem muitos atrativos para todos os gostos – praias, bares e restaurantes, uma orla superestruturada, museus, muita cultura, comércio com produtos locais, entre outros. Viagem que fiz, amei e superindico!

Além disso, a cidade tem outro ponto positivo: ela fica localizada perto de alguns lugares lindos (em Sergipe e em outros estados vizinhos) que podem ser visitados em um bate e volta.

Bate e volta de Aracaju

Foz do Rio São Francisco

É o encontro das águas do rio com o mar. O passeio sai de Aracaju e vai até a cidade de Brejo Grande, último município de Sergipe banhado pelo rio. De lá, uma embarcação navega até chegar ao mar. Locais importantes na geografia e na cultura brasileira! Fora que as paisagens no caminho são lindas, a imensidão do rio… De emocionar! E, bem na Foz do São Francisco, há um grande banco de areia com barracas de artesanato e comida.

bate-e-volta-aracaju-dvev-1

 

Mangue Seco

A cidade fica na Bahia, mas bem perto de Aracaju. São 40 minutos até o Rio Piauí, que divide os estados, e mais 30 minutos navegando até chegar ao local que ficou famoso por ser a terra de “Tieta do Agreste”, romance de Jorge Amado que virou novela. O local simples e calmo encanta pela bela praia e pelas enormes dunas de areia – o passeio de bugre é imperdível, com paradas em diferentes mirantes. Mangue Seco tem cenários lindos que só vendo de perto mesmo para saber.

bate-e-volta-aracaju-dvev-2

 

Cânions do Xingó

Fica um pouco mais longe, mas vale a pena! São três horas na estrada de Aracaju a Canindé de São Francisco, no sertão sergipano. De lá a embarcação segue por cerca de 1 hora, num trajeto em que já é possível ver as belezas naturais do lugar. Ao chegar aos Cânions, há uma parada de 1h. Nesse tempo é possível nadar em um espaço delimitado e embarcar em uma canoa para um trajeto de cerca de 10 minutos (ida e volta), que passa entre as fendas estreitas da chamada Gruta do Talhado.

bate-e-volta-aracaju-dvev-3

 

Como fazer os passeios

O ideal é fazer através de agências. Há várias na cidade que oferecem esses passeios. Informe-se na recepção do seu hotel ou pousada que certamente terão algo para indicar.

Eu fiz com a Nozes Tour e foi ótimo. No geral, todas elas pegam em cada hotel em Aracaju pela manhã e voltam no fim do dia, com toda a comodidade, além de guias que explicam sobre os lugares.

bate-e-volta-aracaju-dvev-4

Para ir aos Cânions, como é um lugar mais distante, quem não quiser fazer o bate e volta pode optar por ir por conta própria e pernoitar na cidade de Piranhas (que fica bem pertinho, mas já no estado de Alagoas). De lá, dá para aproveitar e fazer também a Rota do Cangaço, conhecendo os locais por onde Lampião e seu bando passaram.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s