A Suíça era um país que nunca tinha feito parte dos meus roteiros de viagem. Até que comecei a pesquisar alguns lugares para encaixar na mesma viagem da Itália e me deparei com as paisagens incríveis da Suíça. Não pensei duas vezes: “É pra lá que eu vou!”

A partir dessa decisão comecei a pesquisar o que eu queria fazer por lá, para definir onde eu iria montar a minha base. Foi assim que, dentre tantas cidades lindas, eu escolhi dividir minha estadia entre Lucerna e Berna.

Não podia ter feito escolha melhor! A partir de Lucerna fizemos vários bate-volta para lagos e montanhas dos arredores, como Stanserhorn, Blausee, Mont Titlis, Bannalpsee, entre outros…

Ponte suspensa

Depois de 4 dias em Lucerna, fomos para Berna, onde ficamos por mais 3 dias. E a partir de Berna fizemos bate-volta até Rodelbahn, um tobogã super radical, no meio das montanhas.

Tobogã nas montanhas

A parte mais difícil dessa viagem foi escolher onde ir, já que tinhamos 8 dias no país e uma infinidade de lugares maravilhosos pra conhecer. Claro que não consegui ir a todos os lugares que gostaria, mas todos que eu escolhi foram incríveis e eu super recomendo.

Como se locomover na Suíça

Uma decisão que me salvou nos percursos que fizemos na Suíça foi optar por usar o Swiss Travel Pass, um passe que dá direito a todos os transportes no país, durante uma quantidade determinada de dias, conforme a escolha do viajante! A malha férrea da Suíça é uma das melhores do mundo, e liga o país de Leste a Oeste, de Norte a Sul.

Swiss Travel Pass

Fiz um post completo explicando como funciona e se vale ou não a pena comprar o Swiss Travel Pass. Mas ja adianto que no meu caso valeu muito a pena e otimizou bastante o meu tempo por lá, já que era só eu chegar 5 minutos antes do trem partir.

Como eu já tinha o passe em mãos, olhava os horarios na internet e chegava direto pra  entrar no trem, sem ter que perder tempo entrando na fila e comprando passagem de trem toda vez que fosse usar um (que é, no mínimo, 2 vezes por dia)

A Suíça é um país de paisagens surpreendentes, tanto no inverno quanto no verão. É um país bem caro, não vou mentir. Mas juro que vale cada franco suíço que gastei por lá!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s